Quinta-feira, 17 de Janeiro de 2013
Para reflectir
Tal era o formidável poderio que existia naquela região, e que o deus reuniu e voltou contra o nosso país pela seguinte razão. Durante muitas gerações, enquanto a natureza do deus se manifestou suficientemente neles, obedeceram às leis e ficaram ligados ao princípio divino com o qual estavam aparentados. Só tinham pensamentos verdadeiros e grades em tudo, e comportavam-se com doçura e sabedoria perante todos os acasos da vida e nas suas relações mútuas. Assim, só prestando atenção à virtude, faziam pouco caso dos seus bens e suportavam facilmente o fardo constituído pelo seu ouro e por outras posses. Não se inebriavam com os prazeres da riqueza e, sempre senhores de si mesmos, não se afastavam do seu dever. Temperantes como eram, viam claramente que todos estes bens também cresciam pela afeição mútua unida à virtude; e que, quando os homens se agarram a eles e os honram, eles perecem e a virtude perece com eles. Enquanto pensaram assim e conservavam a sua natureza divina, viram crescer todos os bens de que falei. Mas, quando a porção divina que estava neles se alterou pela freqüente mistura com um elemento mortal considerável, e o carácter humano predominou, incapazes desde então de suportarem a prosperidade, comportaram-se indecentemente; e aos que sabiam ver pareceram feios porque perdiam os mais belos dos seus bens mais preciosos, enquanto os que não sabem discernir o que é a vida feliz os achavam perfeitamente belos e felizes, embora eles estivessem contaminados por injustiças, cobiças e pelo orgulho de dominar. (PLATÃO, 1969:325)
publicado por sociolocaminhar às 18:30
link do post | comentar | favorito
|
.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Maio 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
.posts recentes

. ...

. Que valores valores

. para todos os que ainda ...

. A ética e a Moral

. Para reflectir

. Bases principais do Pensa...

. Não permitam o "Afundamen...

. A construção a Humana , ...

. Para Reflectir

. Para obter um milhao e qu...

.arquivos

. Maio 2016

. Junho 2015

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Outubro 2011

. Agosto 2011

. Abril 2011

. Agosto 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Junho 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

.tags

. todas as tags

.favoritos

. caminhos

. Coisas do sempre e do nu...

. Percursos

. Não podia ser quem Sou

. Da Ribeira da minha terr...

. Prazer ou Nostalgia

. lazer

. Memorias ...

. O Poema e a Musica

. Apareço assim de mansinho

.contador
HTML Counter
Hit Counters
blogs SAPO
.subscrever feeds