Domingo, 15 de Agosto de 2010
Novos Paradigmas para a Sociologia

Sei bem que fazer Sociologia não é ser simples licenciado em Sociologia. Assim ainda que não exerça a profissão e não tendo também tido ainda a capacidade ou a possibilidade de me imiscuir nos estudos Sociológicos, não quero deixar de a partir das observações distanciadas que tento fazer da realidade que nos envolve e da forma cientifica com que procuro olhar o mundo. Reflectir sobre o estado da Sociologia e da Profissão de Sociólogo em Portugal. Não pretendo deter a Verdade, apenas marcar no papel as reflexões que tenho feito ao longo dos últimos anos. Sendo certo que observo a Universidade do ponto de vista de quem a vive como ser exterior e desse modo a observa de um ponto distanciado da sua realidade global ,mas também por isso mesmo mais objectivo. Ponto de vista que nos permite maior objectividade embora nos falte o conhecimento de outros modos de a vivênciar. Por outro lado Tenho uma Vivência Organizacional Fortíssima e desse ponto de Vista posso observar por dentro a realidade das Organizações Vou assim falar sempre do objecto de estudo sabendo que me falta a verdadeira perspectiva da realidade e portanto não pretendo de modo nenhum deter a verdade . Assim sei que em todas as universidades se fazem estudos científicos que procuram retratar a realidade em que vivemos e que estes são certamente suficientes para poderemos através da sua analise, conhecer as vivências, as culturas e as representações que: a Sociedade Global e ou os pequenos grupos vivênciam e através dos quais representam as imagens do futuro. A critica que se me apresenta fazer ás Academias não é pois a sua incapacidade de conhecer e trabalhar para o conhecimento da realidade, mas a incapacidade que tem demonstrado de: fazer sair os conhecimento das áreas elitistas, das Academias ou dos círculos restritos dos que sabem mas não querem modificar a realidade . Não basta conhecer. Se o conhecimento se mantiver restrito, se este conhecimento não for posto na rua, permitindo a reflexão global pela Sociedade. É e será sempre um conhecimento vazio. Sei quanto esta tarefa é não só difícil, como também não tem sido o objecto sociológico, dos estudiosos que se tem limitado a criar conhecimento. Não fazendo sua ,a preocupação com os resultados dos seus estudos. È pois necessário, parece-me, romper com este ciclo de ciência vazia e passar a Fazer Ciência com os objectos de estudo. Observando e interferindo nos processos desadequados que fazem mover as Sociedades para lado nenhum , à sombra de ideais pretensamente novas e de futuros promissores , a nova droga das sociedades modernas. A sociologia nas empresas é por outro lado ou inexistente ou quando os sociólogos integram os quadros empresariais, ficam limitados na capacidade de aplicação do seu campo de conhecimento, quase sempre desempenhado as tarefas de recrutamento de recursos humanos ou ainda conjuntamente com os psicólogos Organizacionais, são os responsáveis pela reorganização dos recursos humanos conduzindo-os suavemente a readaptarem-se aos novos paradigmas de trabalho cada vez mais desumano. De facto a maior parte das organizações actuais pretendem o conhecimento dos sociólogos de modo a poderem melhor conhecer ,como os trabalhadores funcionam enquanto enquadrados nos grupos formais ou informais, de modo a melhor os poderem condicionar e conduzir a maiores cargas de trabalho e ou métodos de produção que a ciência Sociológica pode dirigir influenciar e transfigurar. Acontece porém que as sociedades actuais, caminham inexoravelmente para o abismo Os sociólogos Empresariais sabem-no bem e, são os que dentro das organizações tem o conhecimento para deterem o processo e, também são capazes de preconizar formas alternativas de melhorar os locais de trabalho nas suas diversas vertentes. Desde as ambientais às formas de produção modernas criadoras de mais valias para trabalhadores e empresas. Nomeadamente a criação de espaços de sociabilidade e de liberdade. Reocupação do espaço e do tempo nas Cidades e nos campos. Criação de novas valências de lazer de importância fundamental ,podendo assim ser impulsionadores de novos dinamismos nas modernas Sociedade e de novas culturas, criando as dinâmicas necessárias para as novas vivências dos modernos produtores . Não podem porém ,desempenhar este papel no interior das empresas pois não é este o objectivo das Organizações actuais Assim os sociólogos que vivem no interior das empresas vem-se arredados das suas tarefas mais validas e mais úteis, para fazer empurrar o mundo para o lado moral de que nos fala Kant. È pois necessário que os sociólogos e as suas organizações se afirmem como verdadeiras dinâmicas do saber, para que possam ser eles a determinar, qual o melhor caminho para a nova humanidade ,que emergiu no século XXI . É pois necessário que a Sociologia se emancipe enquanto Ciência do Social de modo a ser ela a determinar os caminhos do futuro.

publicado por sociolocaminhar às 00:09
link do post | comentar | favorito
|
.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Maio 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
.posts recentes

. ...

. Que valores valores

. para todos os que ainda ...

. A ética e a Moral

. Para reflectir

. Bases principais do Pensa...

. Não permitam o "Afundamen...

. A construção a Humana , ...

. Para Reflectir

. Para obter um milhao e qu...

.arquivos

. Maio 2016

. Junho 2015

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Outubro 2011

. Agosto 2011

. Abril 2011

. Agosto 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Junho 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

.tags

. todas as tags

.favoritos

. caminhos

. Coisas do sempre e do nu...

. Percursos

. Não podia ser quem Sou

. Da Ribeira da minha terr...

. Prazer ou Nostalgia

. lazer

. Memorias ...

. O Poema e a Musica

. Apareço assim de mansinho

.contador
HTML Counter
Hit Counters
blogs SAPO
.subscrever feeds